Space Food

Quando o foguete da SpaceX foi lançado neste ano com dois astronautas a bordo, foi difícil não invejar os sortudos que estavam deixando a terra neste momento de caos tremendo. Embora o cenário talvez soe melhor em uma Estação Espacial, temos que convir que, pelo menos, entre os terráqueos, temos uma gama de comidas infinitamente melhores que eles, no Espaço. A comida espacial tem que se adequar a uma série de requisitos bastante desanimadores até aos menos gourmets: facilmente transportável, rica em nutrientes e não perecível. A tecnologia alimentar desenvolvida pela NASA evoluiu ao longo das décadas. No início, astronautas das primeiras missões, mantinham-se à base de alimentos semilíquidos nada apetitosos. Com o tempo, as comidas foram melhorando: em missões como Apollo (1961-1975), por ex, alimentos desidratados possibilitaram uma refeição um pouquinho mais elaborada - leite, café, suco - todos prontos em segundos com a adição de um pouco de água. Alguns alimentos também passaram a ser feitos em formas de cubos, como morango, pão, chocolate, manteiga de amendoim, e até mesmo bacon, que inclusive foi o primeiro alimento consumido na lua. Surgiram também os alimentos desidratados mantidos em sacos plásticos, que com apenas algumas gotas de água, se transformavam em ensopados, frangos, e até mesmo macarrão a bolonhesa. Vale considerar que as comidas eram desenvolvidas para grudar na embalagem e não saírem voando (literalmente). De qualquer forma, segundo um artigo de 69 de um cientista da NASA, as papilas gustativas reagem de maneira diferente no espaço - sua capacidade diminui em cerca de 30%, o que também abaixa a expectativa das degustações espaciais (af deprê). Nos anos 70 e 80, as opções culinárias das espaçonaves aumentaram para mais de 70 itens e foram criadas salas de jantar para a tropa. Atualmente, astronautas passam por degustações antes das viagens, ajudando a escolher pratos para as próximas missões: hoje as refeições no espaço contam com itens desidratados, condimentos e especiarias, opções frescas como pão, frutas e vegetais e, bônus, alguns pratos especiais a escolha de cada astronauta - afinal, mesmo em marte, quem não sente falta de uma pizza?