Rituais de ano novo: Lentilhas

Existem muitas crenças relacionadas às comidas para celebrar o ano que está por vir: comer lentilhas, doze sementes de romã ou de uvas, guardar folhas de louro na carteira e sempre brindar com uma taça de espumante. 🥂


As lentilhas entraram na parada como uma fonte de esperança para uma boa fortuna no ano que vai nascer. Sua semelhança à forma das moedas atribuiu a elas o significado de riqueza e, por isso, são consumidas em diversos países na virada do ano para garantir dinheiro e prosperidade.


Por volta de 6000 a.C., as lentilhas haviam chegado à Grécia, onde eram consideradas comida do dia a dia, e foram mencionadas diversas vezes pelo escritor Athenaeus. No Egito, as lentilhas tinham grande estima e foram encontradas em túmulos reais em Tebas, datando de 2400 a.C., além de terem sido representadas em um afresco da época de Ramsés II (1200 a.C.), em uma possível receita de sopa de lentilha.


Além dos egípcios, os antigos romanos e hebreus também comiam lentilhas que, inclusive, são várias vezes mencionadas na Bíblia - como na história do Gênesis, em que o irmão mais velho de Jacó, Esaú, vende seu direito a primogenia por um prato de lentilhas.


Na Índia, onde cerca de metade das lentilhas do mundo são consumidas, o cultivo data de 2.500 a.C. Hoje, mais de 50 variedades diferentes de lentilhas são cultivadas no mundo.




#anonovo#lentilha