Hambúrguer de burro, um hit gastronômico chinês, do século XVI aos dias de hoje

Li outro dia sobre um hit gastronômico chinês, o hambúrguer de burro, um sanduíche que, dizem, foi criado no século XVI, na dinastia Qing.

Foto: Detalhe de um mosaico de piso do Império Bizantino representando um garoto alimentando milho a um burro. Século V. Grand Palace, Istanbul.


O sanduíche que hoje atrai turistas e tem até seu próprio festival na província Hebei, surgiu num improviso de uma mulher que cozinhava para o Imperador durante uma de suas viagens e recheou uma panqueca com restos da carne de burro que tinha. O imperador adorou o prato e o lanche caiu na boca do povo, aparentemente até os dias de hoje, como na "Fat Wang's Donkey Burger" uma das maiores redes de sanduíches de burro da China. Mas muito antes disso, o jumento já estava nos cardápios da Roma Antiga. Os sofisticados romanos alimentavam o animal com figos, nozes e anis para aprimorar o sabor da carne antes da cocção. Na Idade Média, uma das receitas mais atraentes que achei de burro, foi assado recheado com pão, trufas, passarinhos e azeitonas, especialidade de Périgord, carro chefe nas festas de luxo da França medieval.

Vídeo:"Fat Wang's Donkey Burger"