Cuban Food Stories

Comida e política estão intrinsecamente conectadas. Assim como a cultura, o povo e os ingredientes de um lugar, os aspectos políticos e econômicos influenciam diretamente na forma como a população se alimenta. E, em um país com uma história política tão forte e presente como Cuba, não podia ser diferente.


🦀 Assisti esses dias o documentário "Cuban Food Stories", do diretor Asori Soto, cubano que vive nos Estados Unidos e que voltou a Cuba em busca dos sabores de sua infância.


🍗 O documentário, do mesmo produtor executivo de “Jiro Dreams of Sushi”, é dividido em pequenas histórias de pessoas que trabalham para manter a chama da culinária tradicional acessa ao redor do país.


“Com o colapso da União Soviética, toda a economia cubana também colapsou. Todos os ingredientes começaram a desaparecer das lojas e todos tivemos que mudar nossos hábitos alimentares. Anos de dificuldades fizeram as pessoas esquecerem a culinária cubana e as que tinham sorte conseguiam comer um pouco de pão seco e água com açúcar no jantar. O mar tornou-se uma rota de fuga para os Estados Unidos, então a pesca foi extremamente regulamentada. Arroz, carne de porco e feijão tornaram-se uma das melhores refeições que se poderia esperar num país pobre.”, comenta Asori Soto.


O documentário traz histórias de pessoas que lutam por manter as tradições vivas, conduzidas pela comida de diferentes regiões do país: do mar, às montanhas, passando por rios e cidades, cada personagem da vida real do filme de Soto trabalha com ingredientes de seu entorno, com receitas de seu cotidiano e com histórias do dia a dia em Cuba.



📺 Cuban Food Stories

🎬 Documentário

📆 2018

👁 Disponível para locação no Vimeo


@asorisoto

@cubanfoodstories

#cubanfoodstories