As refeições de Wes Anderson

Cores em abundância, personagens excêntricos, narrativas singulares. Estes são apenas alguns dos elementos dos meticulosos filmes do diretor norte-americano Wes Anderson. E, claro, comida é um aspecto primordial em muitos deles: alguns de seus melhores diálogos acontecem durante as refeições.


Desde "The Darjeeling Limited", com a cena dos três irmãos comendo no trem, "O Fantástico Sr. Fox" com o brinde de suco de maçã, ou "O Grande Hotel Budapeste" com o "Courtesan au Chocolat", que fez pipocar milhões de receitas do doce na internet.


Contudo, uma das cenas mais marcantes relacionadas a comida é em "Ilha dos Cachorros", animação de 2018, em que cachorros são obrigados a ficar de quarentena em uma ilha no Japão devido a um suposto vírus (🤔). Uma das cenas mais legais do filme é essa aqui do post, a famosa cena do sushi envenenado, uma obra prima do stop-motion que demorou 8 meses para ser finalizada. Sim, a cena que leva menos de 1 minuto demorou 7 meses para ser produzida + 32 diárias de gravação. Mas valeu a pena: é uma obra de arte de deixar qualquer sushiman boquiaberto.

Entrevista com Andy Gent, o diretor do departamento de bonecos do filme, produzida pela Artisans e Variety.