A tradição do Picles indiano

O preparo de Picles é uma tradição indiana que remonta milhares de anos. Alguns séculos antes de cristo, já se encontrava pepinos nativos da Índia sendo conservados ao longo de toda a margem dos rios Tigre e Eufrates.


🥒 Conhecido por diversos nomes em todo país, Āchār, Uppinakaayi, Pachadi, Urukai, Uppillittuthu, Loncha e Athanu, o picles faz parte das refeições indianas, criado inicialmente como uma forma de conservar alimentos e, hoje, um item essencial da culinária ao redor do país.


📚 Não à toa, o amor indiano por picles fez o livro "Usha's Pickle Digest", escrito por Usha Prabakaran em 1998, se tornar um dos maiores best sellers do país de todos os tempos.


👩‍🌾 A Rainha do Picles, como ficou conhecida Usha Prabakaran, escreveu um dos maiores clássicos “cults” da cozinha indiana, com mil receitas de picles que testou em sua casa duas décadas antes de publicar, de forma independente, seu livro - este se esgotou em poucos instantes. Com o tempo, o livro se tornou um objeto de desejo bem difícil de conseguir: “Meu trabalho é manter o passado vivo” disse Prabakaran para o @nytimes “A razão para escrever o livro foi garantir que a vasta herança culinária desta terra permaneça no mapa”.


🥭 Usha faz picles de tudo: flor de bananeira com tamarindo, milho picante com broto de feijão, manga com alho e gengibre, caju e coentro, couve-flor, groselha, nozes verdes, ameixa, feno grego geminado, bambu, hibiscos e por ai vai, usando para conservar sal, vinagre, óleo, cítricos, tamarindo, iogurte, entre outros métodos disponíveis em seu livro.













👁 Nas fotos, o preparo de picles ao redor da Índia.


#ushaspickledigest#ushaprabakaran#pickles#picles