"A Moeda", o curta da diretora Siqi Song

A China tem uma das literaturas gastronômicas mais antigas do mundo, escrita por poetas, pensadores e filósofos, como Confúcio (551 a.C. - 479 a.C.) que escreveu diversos textos sobre o protocolo à mesa, criando regras de preparação e apresentação de diversos pratos. Reza a lenda que os dumplings, ou dim sums, aqueles pasteizinhos chineses, foram criados por um chef de cozinha a mando de um Imperador chinês que estava curioso para conhecer os sabores de todo seu Império. O prato passou então a ser servido em casas de chá para trabalhadores rurais e viajantes da antiga Rota da Seda que buscavam um lugar para descansar. Este costume ficou conhecido no período do Imperador Xianfeng (1850–1861) como Yum Chá: chás e porções de dim sum compartilhados entre amigos e família, como um mix de café da manhã e almoço - alguns historiadores inclusive acreditam que esta foi uma inspiração para o surgimento do brunch, palavra que apareceu pela primeira vez impressa em um artigo da Hunter's Weekly de 1895, na Inglaterra.


🥟 Com o tempo, os dim sums entraram para as tradições de ano novo chinesas, representando sorte e prosperidade - dizem que quanto mais dim sums você comer, mais dinheiro vai ganhar. A superstição ainda inclui inserir uma moeda de ouro em alguns dos pasteizinhos, trazendo riqueza o ano todo para o felizardo que morder o dim sum com a moeda.


🪙 O curta "A Moeda", da diretora Siqi Song, representa as rotinas simples e familiares de nossas origens e como elas nos acompanham não importa onde estamos. O filme, com personagens e cenografia de feltro, tudo feito à mão, conta como uma menina carrega consigo as moedas da tradição chinesa, enquanto embarca para uma nova vida em Los Angeles.


🤵‍♀️ Siqi Song é uma diretora e animadora chinesa, que vive atualmente na Califórnia. Ela foi indicada ao Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação por seu filme "Sister", no ano passado, que retrata a política de controle de natalidade da China durante a década de 1990.

🎬 "The Coin", dirigido por Siqi Song. CHINA/EUA 7 min 2019.