A história do Miojo

"A paz virá quando as pessoas tiverem comida", disse sabiamente Momofuku Ando, o criador do miojo - sagaz invenção em um Japão pós II Guerra, em que a fome extrema e o amor pelo ramen puderam ser saciados através da criatividade do inventor.


🍜 Momofuku Ando criou o macarrão instantâneo em 1958. Nascido Wu Baifu em Taiwan, em 1910, imigrou para o Japão logo após a 2a GM e mudou de nome. Após ecléticas tentativas frustradas de venda de sal, projetores audiovisuais e casas pré fabricadas, Momofuku, segundo ele, andava pelas ruas de Osaka no Japão, quando viu enormes filas de pessoas esfomeadas na frente de um posto de distribuição de comida, esperando por uma reconfortante tigela de ramen. Assim veio o click. Um ramen seco, barato e acessível, que pudesse ser embalado e reidratado em instantes. Com 48 anos, Ando fundou a Nissin Food Products e influenciou para sempre a forma de se alimentar, não apenas do japonês mas de boa parte do mundo.


🥡 Em 1970, Momofuku Ando exportou a empresa de Osaka para os Estados Unidos, fazendo com que a Nissin explodisse: o que o levou à sua nova invenção de sucesso, o cup noodles.












🕵‍♀️ Nas fotos, o Cup Noodle Museum, em Osaka, dedicado ao macarrão instantâneo (museu oficialmente batizado de "The Momofuku Ando Instant Ramen Museums"), onde os visitantes aprendem de forma interativa sobre a história do ramen, sobre como fazer um ramen de frango, visitam uma fábrica de cup noodles e um parque temático…. além de uma exposição retrospectiva das embalagens da marca - minha parte favorita.