A história da Alface


Que atire a primeira pedra quem não tem mais apetite no frio. E, depois dos gélidos dias que passamos semana passada - não que agora esteja muito mais quente - e das refeições fartas e voluptuosas que fui "obrigada" a fazer para esquentar, resolvi que nessa semana os almoços seriam à base de alface. Por enquanto consegui apenas um dia, mas dizem que o que vale é a intenção...


🥬A alface é de longe a folha mais popular do mundo. Ingrediente base das saladas modernas, seu cultivo se deu por suas propriedades medicinais que atraiam povos antigos em busca de sonos mais tranquilos - sim, a alface tem um efeito sonífero devido a lactucina, uma substância leitosa encontrada em seu caule.


🧑‍🌾Os antigos sumérios foram os primeiros a cultivar alface em 4mil a.C. Egípcios também produziam uma espécie de alface romana em 2mil a.C., usada principalmente como remédio, em poções e em óleos extraídos de suas sementes. Na Grécia Antiga, Hipócrates falava muito sobre os efeitos calmantes da alface, mas foi em Roma que a folha fez seu maior sucesso: romanos amavam alface. Inicialmente, a folha era consumida com o objetivo de induzir ao sono e, com o tempo, passou a ser usada para estimular o apetite. Plínio menciona em Naturalis Historia, de 77 d.C., 9 tipos de alface, incluindo espécies roxas e vermelhas. Normalmente consumida crua, a alface também podia ser cozida - Apicius descreve uma receita de purê de alface com cebolas e Columela, escritor de 4 d.C, fala de picles de alface, feito em vinagre ou salmoura. Na China, a alface passou a fazer sucesso no séc VII, servido refogado, cozido ou no vapor.


🥗No séc XVI, a alface era cultivada ao redor da Europa e, em 1597, o inglês John Gerard descreveu 8 tipos produzidos em seu país, normalmente servidos crus e temperados com vinagre, azeite e sal. A planta se tornou extremamente popular, ganhando, ao longo do tempo, novas variedades mais fáceis de serem cultivadas - em 1866, já existiam 65 tipos catalogados - o que possibilitou sua chegada às Américas. As primeiras sementes de alface chegaram por essas bandas em 1494 e, com o tempo, criou um boom do alface ao redor do mundo.