A dança dos pãezinhos de Charlie Chaplin ao longo da história

A icônica dança dos pãezinhos de Charlie Chaplin, no filme The Gold Rush (br: Em busca do ouro) de 1925, uma das cenas mais referenciadas do cinema 🖤

Vídeo: The Gold Rush (1925)


A comida é um importante elemento nos filmes de Chaplin, principalmente quando interpretava Carlitos, o vagabundo mais sensível da história. Em seus primeiros filmes Chaplin usava comida em piadas estilo "torta na cara" mas, com o tempo, a comida foi assumindo papéis significativos na trama, repleta de simbolismos. É em The Gold Rush a famosa cena que Chaplin se transforma em uma galinha aos olhos de seu amigo faminto e que cozinha sua bota no dia de Ação de Graças devorando até o cadarço em forma de espaguete - a bota, inclusive, foi feita de alcaçuz e testada 20 vezes por Chaplin até ficar perfeita, além de 3 dias de filmagens e 63 takes só para esta cena.

Vídeo: The Rough House (1917)


🥖 A dança dos pãezinhos é uma cena clássica do cinema e já foi recriada diversas vezes ao longo da história. Na verdade, Chaplin se inspirou na cena de The Rough House, filme de 1917, em que Roscoe Arbuckle faz uma dança semelhante.

Vídeo: Simpsons - episódio Lady Bouvier's Lover (1994)


Mais tarde, foi referenciada em diversos filmes como Bande à part de Jean-Luc Godard, Pardon My Scotch, filme de 1935 da série dos Três Patetas, em Chaplin, representado por Robert Downey Jr. em 1992, por Johnny Depp no filme Benny e Joon de 1993 (que disse, inclusive, que foi uma das coisas mais difíceis que já fez), nos Simpsons em 1994, nos Muppets em 2011 e por aí vai...

Vídeo: Johnny Depp em Benny e Joon (1993)

Vídeo: Bande à part de Jean-Luc Godard (1964)

Vídeo: Robert Downey Jr. em Chaplin (1992)