Vacas, ovelhas e porcos gigantes: pinturas do início do século XIX

Vacas, ovelhas e porcos gigantes - essa era a exagerada forma em que ricos proprietários de terras britânicos retratavam seus animais no séc. XIX.


A representação agigantada de vacas, ovelhas e porcos em pinturas do início do século XIX se tornou moda entre ingleses ricos que competiam entre si. Esses animais gigantes eram a forma de demonstrar riqueza, status, poder e ostentar novas técnicas de criação de gado - que se refletia em grandes vendas.


Esse tipo de arte trazia informações como as medidas dos animais e as técnicas de criação do proprietário da fazenda, e eram excelentes estratégias para o comércio dos animais - muitas compras aconteciam após o contato e a apreciação dessas pinturas. Além de telas e gravuras, esse tipo de representação ficou tão popular que passou a ser aplicada em mobília, pratos, talheres e tecidos. Até hoje, diversos pubs e restaurantes na Inglaterra possuem nomes de animais famosos desse período, como “The Craven Heifer” e “The Durham Ox”.