Para os meus amigos cozinheiros: o que seria de nós sem vocês?

Outro dia, o @luizamericofcamargo escreveu um dos posts mais verdadeiros que li recentemente: "(...) sem essa cena, [dos restaurantes] sem esse universo, nos tornaríamos apenas uma cidade complicada, tumultuada, tensa, caótica, injusta. (...) Eu acho que nossos estabelecimentos de comida tinham que ser defendidos como patrimônio local, como riqueza inegociável."


Na semana passada, @alorencato também evidenciou na @vejasp , a triste realidade que enfrentam os restaurantes da cidade: dilacerados, sem amparo, fechando portas aos montes e deixando morrer, a beira do abandono, a verdadeira essência dessa terra de ninguém.


E o buraco é tão mais embaixo… Alta dos preços dos alimentos, agravamento da fome, das desigualdades sociais. Ameaças a autora do atlas do uso de agrotóxicos por evidenciar dados que desagradam quem decide o que comemos - ou o que se pode falar ou não sobre comida. O desamparo não é só nos restaurantes, mas é também nas escolas, nos pequenos negócios, dentro de casa.


Mas uma coisa que meu trabalho me mostrou é que, ser cozinheiro é muito mais do que uma simples profissão. Vejo todos os dias amigos que acordam cedo, em meio ao caos, para ir a seus restaurantes trabalhar incessantemente para entregar, literalmente, amor em forma de comida. Gente com o coração na mão, fazendo contas para resistir a mais um mês, a mais uma semana. Eu não sei se teria essa força... Talvez ela só venha quando necessário - como uma mãe que levanta um carro para salvar o seu bebe. Gente que acorda as 6am, faz a contabilidade com uma mão, alimenta o fermento com a outra, enquanto pica qualquer coisa, pensando ao mesmo tempo em um menu de Páscoa que viaje bem. Isso pra mim vai MUITO além de uma simples profissão. Isso é vocação, é paixão exacerbada, é cármico. A cozinha pra eles não é opção, não é business - servir é ar. Um amor que ultrapassa as barreiras físicas, lógicas e racionais. É abraço apertado, é colo de mãe.


Por isso, hoje, queria dizer a todos os meus amigos cozinheiros, categoria entre os guerreiros contemporâneos, com garra tremenda, que lutam para salvar o verdadeiro amor de suas vidas - a restauração - obrigada. O que seria de nós sem vocês? 🤍