Kaldis e os grãos de café

Reza a lenda, que o café foi descoberto por cabras etíopes, sim cabras, em 850 d.C.. Pois é, o mito diz que o pastor de cabras Kaldis, descobriu o potencial dos grãos de café depois de suas cabras devorarem os frutos vermelhos de uma arvore em seu terreno, e ficarem tão agitadas que passaram a noite toda em claro, causando o maior alvoroço. O pastor então experimentou as frutinhas, e foi flagrado dançando 😂 com suas cabras por um monge que passava por ali. Este percebendo o tamanho potencial das frutas, considerou-as a resposta de suas preces – aparentemente o monge dormia no meio de suas orações e estava em busca de algo que o ajudasse a ficar firme e forte em suas rezas ao longo da noite. Levando para seu mosteiro o fruto, surgiu a ideia de seca-lo e ferve-lo para fazer uma bebida, virando assim o maior sucesso entre os monges sonolentos.

📷 Representação de uma cerimônia etíope de café.